Isso é falta do que fazer.
Published by MarK, on .
David Jaffe, conhecido por ser o criador de várias sagas como God of War, Twisted Metal e Calling All Cars!, criticou a "guerra dos consoles" via Twitter por um tweet que foi excluído.

Há quinze anos, veio a saga God of War, lançada na época para o PS2. Quase dois anos depois, sua sequência, God of War II, chegou e três anos depois, God of War III, só que desta vez para o PS3. O jogo foi remasterizado e lançado no PS4.

Há pouco mais de dois anos, God of War foi lançado, o reinício das aventuras de Kratos, que desta vez seriam ambientados na mitologia nórdica com seu filho Atreus. Mas isso já é outra questão, porque dessa vez não estamos falando de Cory Barlog, mas de David Jaffe.

O criador escreveu em um tweet: "Excluí meu tweet onde - Deus não permita! - Expressei meu amor por QUALQUER outra empresa de criadores de videogame que não seja a Sony", diz ele. Mais tarde, o criador afirma que esqueceu que era inaceitável fazê-lo e que isso me expôs a vários homens que o levaram ao debate diante da "guerra dos consoles".

Mas isso não é tudo, já que ele parece um pouco cansado de tudo isso, em torno da circulação dessas opiniões e outras de vários tipos. Jaffe termina seu tweet afirmando: "Deus, há momentos em que odeio a cultura dos jogos."


Cory Barlog, diretor do último God of War respondeu a Jaffe no Twitter: "É uma pena, desculpe Dave. Adoro jogar no meu PS, Xbox, Switch e no meu PC muito caro. Dane-se o Console War."
MarK
MarK (mark)
I like several different works, but with a tendency for strange and funny stories.
I like arts, games, drawings and interesting things.
Site Administrator
Leave your comment to let us know what you think of the publication
Don't forget to follow us on Facebook, Twitter or Instagram

Relevant News

Who read this news may also like these.