Publicado por Felipe, em .
Caros leitores, mais uma vez nós da equipe "Animes e Games" traremos um artigo de um jeito diferente, que será dividido em duas partes. O artigo demonstrará os jogos que em nossa opinião foram os mais relevantes em determinado período. Serão 2 artigos com 5 jogos e cobrindo um período de 10 anos em cada. Por mais difícil que seja de quantificar e qualificar e talvez até controverso, alguém tinha que fazê-lo. Só queremos deixar claro que não somos a verdade absoluta, esse artigo é somente nossa opinião baseada em nossas pesquisas e como vemos esse cenário.

Fazer uma lista faz parte do âmago do ser humano, sempre estamos organizando com listas ou números o que gostamos ou não e em um mundo em constante evolução tecnológica, de inúmeras inovações e com magníficos avanços criativos, fica muito difícil chegar a um consenso sem um debate e a criação de uma lista.

Os jogos eletrônicos fazem parte da nossa vida e da cultura mundial, há vários debates na internet e em fóruns sobre qual jogo é o merecedor do Famigerado GOTY. Qual é o mais inovador, o mais divertido, o que transcendeu sua época de lançamento... Baseado nisso e levando em consideração esses quesitos, nossos critérios de avaliação foram montados e decididos, eles seguem abaixo.

Critérios de avaliação:

Relevância no cenário mundial - O jogo precisa fazer parte do consciente coletivo da comunidade gamer, levar-nos a pensar de tal jogo não existisse, a perda seria imensa, para o mundo em si.

Impacto no lançamento - O jogo não deveria apenas ter expectativas altas em exposições ou durante o tempo do anuncio e sim posteriormente a ele, ganhando destaque da mídia em geral e da opinião pública depois do lançamento.

Contemporaneidade - O jogo não pode mostrar sinais visíveis de envelhecimento precoce, mesmo depois de uma ou algumas gerações ele tem que parecer algo atual.

Inovação - Como o próprio quesito sugere, o jogo tem que trazer mecânicas inovadoras e acima de tudo perpetuar elas, influenciando futuros jogos.

5- Metal Gear Solid

Clique para ver a imagem em tamanho original

Se hoje o gênero stealth é bem difundido e tem sua base de fãs consolidada, é graças a esse jogo. Hideo Kojima queria ser cineasta, mas graças ao deuses dos jogos eletrônicos ele optou por jogos. Hideo Kojima conseguiu implementar uma simbiose entre um enredo hollywoodiano e jogos. Com uma equipe de 35 pessoas, o jogo entrou em desenvolvimento em 1995, em cerca de três anos, Kojima escreveu o plano geral, as especificações, o enredo, o roteiro, forneceu esboços, trabalhou nos modelos poligonais, controlou finanças do projeto e ainda editou as cenas.

A história de Metal Gear Solid se passa em 2005, a sudoeste do Alasca no mar de Bering. Ela se foca em Solid Snake, um soldado ex-aposentado que se infiltra numa instalação de eliminação de armas nucleares para neutralizar uma ameaça terrorista da FOXHOUND, uma unidade de forças especiais. Snake deve resgatar dois reféns: o chefe da DARPA e o presidente de uma fabricante de armas, além de enfrentar os terroristas e impedí-los de lançar um ataque nuclear. O jogo implementa várias qualidades cinemáticas à série, como por exemplo, numerosas cenas que usam a mecânica e os gráficos do jogo, como também dublagem de personagens em várias cenas de conversação pelo rádio Codec.

O lançamento foi em 1998 e distribuído para o playstation, o jogo foi desenvolvido pela Konami Computer Entertainment Japan. Metal Gear Solid foi bem recebido pela crítica, vendendo mais de seis milhões de cópias e recebendo uma nota 94 de 100 no site Metacritic.

4- Resident Evil 1

Clique para ver a imagem em tamanho original

Confesso que quando joguei Resident Evil pela primeira vez, não consegui entender o porquê de ele ser tão aclamado. Um jogo onde pessoas mortas-vivas comedoras de massa encefálica vagam, balas são escassas e um ambiente hostil nos espera, quem em sã consciência queria passar por isso? Mas depois de recomeçar pela terceira vez pensei, se é tão ruim por que eu insisto nisso? Resident evil não é fundamentalmente construído sobre a premissa de vencer o medo como eu pensava, e sim sobre sobrevivência. O seu sucesso deve-se ao fato do jogador conseguir administrar seus recursos escassos em um ambiente hostil, vencer a falta de conhecimento que Chris e Jill tem deste ambiente, enquanto resolvem vários quebra-cabeças em uma mansão onde indas e vindas são uma coisa curriqueira e uma trama complexa cheias de reviravoltas nos aguarda.

Resident Evil (Biohazard) foi um jogo desenvolvido e publicado pela Capcom em 1996 para o Playstation. Posteriormente o jogo foi lançado para outras plataformas, como Pc, Saturn e um remake para Game Cube. O jogo recebeu uma nota 91 de 100 no Metacritic. A somatória de vendas da franquia desde então, já ultrapassa a Marca de 80 milhões de cópias vendidas.

3- The Legend Of Zelda: Ocarina Of Time

Clique para ver a imagem em tamanho original

Ocarina Of Time foi um marco tão grande para a Nintendo ou melhor, para o mundo dos jogos eletrônicos, que mesmo depois de 20 anos ele serve como alicerce para seus sucessores ou concorrentes em geral no gênero aventura 3D. Shigeru Miyamoto parafraseou uma vez que "Um jogo adiado uma hora fica bom; um jogo ruim é ruim para sempre". Essa frase se encaixou certinho para este jogo em questão, Ocarina of Time foi adiado por dois anos, mas isso proporcionou um refinamento em, todos os sentidos do tão aclamado "A Link to the Past" seu antecessor. Os mundos interligados são o reflexo do aprimoramento dos mundos paralelos do seu antecessor. Ocarina Of time trás consigo para muitos os melhores calabouços, personagens, enredo e equipamentos.

O jogador controla o herói Link, na terra fantástica de Hyrule, em uma epopeia para impedir que Ganondorf, rei da tribo Gerudo, obtenha a Triforce, uma relíquia sagrada que concede desejos ao seu portador. Link viaja através do tempo, precisamente 7 anos e percorre calabouços para despertar os Sete Sábios, os quais têm o poder de selar Ganondorf para sempre. Ocarina of Time introduziu características tais como sistema de mira fixa e botões sensíveis ao contexto, características estas que se tornaram comuns em jogos de aventura 3D. A música desempenha um papel importante: para progredir, o jogador deve aprender a tocar várias canções numa ocarina; o jogo foi responsável por aumentar o interesse pelo instrumento.

Foi lançado no Japão em 21 de novembro de 1998; na América do Norte em 23 de novembro de 1998; e na Europa em 11 de dezembro do mesmo ano. Ocarina of Time é o quinto jogo da série The Legend of Zelda, e o primeiro com gráficos 3D. O jogo em sua época de lançamento passou de mais de 1 milhão de cópias vendidas somente no Japão e mundialmente, mais de 7 milhões. O jogo recebeu vários prêmios e distinções, sendo considerado por muitos como um dos melhores videojogos de todos os tempos, O jogo recebeu uma nota 99 de 100 no Metacritic e é o jogo mais bem avaliado da história do site desde então.

2- Final Fantasy VII

Clique para ver a imagem em tamanho original

Quando pensamos em SquareSoft pensamos em Final Fantasy VII, este com toda certeza é o maior legado da Square antes da fusão com a Enix em 2003. O desenvolvimento começou em 1994 para o Super Nintendo mas a SquareSoft enfrentou atrasos e dificuldades técnicas por experimentações feitas em várias plataformas, por fim decidindo mover a produção para o PlayStation pelas vantagens do formato CD-ROM e lançando-o em 1997.

O jogador assume o papel do mercenário Cloud Strife e seus aliados, integrantes de uma organização ecoterrorista a fim de impedir que a megacorporação Shinra use a essência vital do planeta como uma fonte de energia. A história nos leva um confronto inevitável contra Sephiroth, um "super-humano" que deseja destruir o planeta, a música dessa batalha é algo inesquecível. Esse é o primeiro jogo da franquia a usar gráficos tridimensionais com cenários pré renderizados e a abordar um tema/ambientação de ficção científica. A jogabilidade tem navegação e exploração de diversos ambientes e sistema de batalha baseado em turnos.

Ele é reconhecido como um System Seller da plataforma PlayStation e considerado o percursor da popularização dos RPGs japoneses mundialmente, com os elogios sendo direcionados para seus gráficos, jogabilidade, música e história. O jogo recebeu uma nota 92 de 100 no Metacritic. Além disso o jogo venceu vários prêmios de Jogo do Ano e outras premiações.

1- Super Mario Bros. 3

Clique para ver a imagem em tamanho original

Se há alguém hoje capaz de rivalizar com o mascote da Disney em questão de carisma e fama, esse é o Mario. E foi graças a esse jogo, o ápice da criação humana, do console NES/Famicon e juntamente com a equipe da Nintendo, que ele pôde chegar a esse patamar. Aqui temos uma aula de como um jogo plataforma 2D sempre pode se reinventar e se superar na batida fórmula de salvar um princesa e pular na cabeças dos inimigos.

Quem poderia imaginar que em 1988 alguém pensaria que ao pegar uma folha, o nosso querido encanador com bigode, macacão e boné, ganharia uma cauda e orelhas de guaxinim. E com isto ele estaria apto a voar pelos céus, desviando dos inimigos e evitando batalhas desnecessárias rumo ao castelo do vilão que sequestrou a princesa. Mas espera aí, guaxinins não voam. Isso só o mestre Miyamoto poderia pensar e nos fazer voar pelos céus neste mundo da fantasia.

Super Mario Bros. 3 é considerado pela crítica e pela opinião publica em geral como o melhor jogo da série e também a obra-prima feita pela Nintendo para NES/Famicom. O jogo também é frequentemente listado como um dos melhores jogos para videogames de todos os tempos. O Sucesso comercial do jogo é inegável, em 1993 o jogo tinha vendido 4 e 7 milhões de unidades no Japão e nos Estados Unidos respectivamente. Em 2008 a Guinness World Records listou o jogo como o jogo individual (sem ser vendido junto com um console) mais vendido da história dos videogames a partir de um sistema e relatou as vendas mundiais de mais 18 milhões de cópias, incluindo os ports.

Aqui finalizamos este belo artigo e esperamos que vocês gostem, comentem a opinião de vocês é muito importante. A parte dois será publicada em breve.

Só um adendo, a ordem da lista não reflete a importância dessas magnificas obras, todas tem o mesmo peso e importância.
Felipe
Felipe
Um Singelo colaborador, apaixonado por games, animes, mangas e HQs.
Viciado em música eletrônica, Wave e Rock. Amante do tema Cyberpunk.
Colaborador do site