Se fud#@%
Publicado por Cabelo Prateado, em .
De acordo com um relatório do site RT, um varejista russo teve problemas com a Sony, pois o funcionário de uma loja encontrou o lote de cópias de Death Stranding e decidiu levar uma para casa. No entanto, a Sony foi alertada assim que ele ativou o jogo no PlayStation 4. O trabalhador do armazém - fã de Kojima - foi então rastreado pela Sony, com uma breve investigação que levou ao varejista russo.

O funcionário acabou sendo demitido, mas isso não foi suficiente para a Sony. O varejista russo, foi multado em um milhão de rublos russos (US $ 15.625) por quebrar a data de lançamento do Death Stranding. A rede de varejo também sofreu danos à reputação e teve que enviar um memorando para todas as suas lojas, pedindo-lhes que guardassem Death Stranding a todo custo, mantendo-os em escritórios ou cofres fechados até o dia do lançamento.
Cabelo Prateado
Cabelo Prateado
A melhor maneira de viver a vida inteira é sendo uma criança, não importa qual a sua idade.

- Gintoki
Equipe do Site, 22 anos

Notícias Relevantes

Quem leu essa notícia também pode gostar dessas.