Isekai Ojisan ganhará adaptação em anime

História acompanha rapaz que cuida do tio que ficou 17 anos em um isekai de aventura
Publicado por Allan Kardec, em .

A Kadokawa anunciou que o mangá Isekai Ojisan (Uncle From Another World) do mangaká Hotondoshindeiru será adaptado para anime. O mangá começou a ser publicado no site ComicWalker da editora Kadokawa desde junho de 2018, após ser publicado de forma independente no Twitter e Pixiv.

IMAGEaHR0cHM6Ly9zdGF0aWMubWFkaW5maW5pdGUuY29tL2ltYWdlcy9iaWcvMTEvMDEwMzg3LmpwZw==

A história acompanha Takafumi um rapaz que vai ao hospital para visitar seu tio, que acabou de acordar de um coma de dezessete anos. No entanto, parece que ele perdeu a razão, já que afirma estar em outro mundo chamado “Grand Bahamar” todo esse tempo, e até parece falar uma língua estranha. Mas tudo muda quando seu tio, um humano comum, mostra a ele que ele aprendeu a usar magia no outro mundo. Assim, quando Takafumi percebe que a magia que seu tio usa é completamente real, ele propõe que use suas habilidades para se tornar um YouTuber de sucesso. Agora cuidando dele, Takafumi e seu tio começam a se envolver na vida de streaming, enquanto seu tio lhe conta de vez em quando sobre sua vida no outro mundo.

Isekai Ojisan (Uncle From Another World) começou a ser publicado no site ComicWalker da editora Kadokawa desde junho de 2018, após ser publicado de forma independente no Twitter e Pixiv.

Allan Kardec
Allan Kardec #okardec

Analista e Administrador de Sistema vulgo Programador

Amante de artes, com gostos peculiares e até duvidosos!

Todo dia [ou quase] criando uma análise ou indicando um indie interessante ou desconhecido.

Vem me ver testar algum joguim aleatório https://www.twitch.tv/okardec

Administrador, Earth, Solar system - Milky Way
Deixe seu comentário para sabermos o que você achou da publicação
Não se esqueça que você pode participar do nosso Discord.
E também nos seguir no Facebook, Twitter, Instagram e na nossa curadorida da Steam.
Postagens em Destaque
#Games, Por MarK,
#Animes, Por Allan Kardec,