Stadia não terá compartilhamento familiar ou interface para conquistas em seu lançamento

O Google confirmou que o Stadia não terá alguns recursos já anunciados em seu lançamento como Compartilhamento Familiar ou uma interface específica para ver as conquistas em nossos jogos.
Publicado por Cabelo Prateado, em .

O Google Stadia será lançado na próxima terça-feira, 19 de novembro e, à medida que seu lançamento se aproxima, descobrimos novos detalhes do "console" (em vez de serviço de jogos) como seu catálogo inicial ou recursos já anunciados que não estarão presentes na estréia da Stadia no mercado como Family Sharing para compartilhar nossos jogos com membros da família ou uma interface de conquistas.

Foi o próprio Google que informou em uma pergunta e resposta organizada no Reddit que o Stadia não terá alguns recursos durante o início do lançamento, porque o serviço, que terá um sistema de conquistas, não terá em sua estreia uma interface dedicada ao mesmo que nos permite ver quando atingimos um ou visualizá-lo mais tarde.

Outro recurso que não acompanhará o Stadia em 19 de novembro é o Family Sharing, a ferramenta que nos permite, por exemplo, comprar um jogo com nossa conta e compartilhá-lo com nosso irmão ou filho. Essa ferramenta, segundo o Google, é uma alta prioridade para a empresa e eles esperam tê-la pronta no início de 2020. Felizmente, o que eles prepararam para o lançamento é o Family Link, que permitirá que os pais tenham diferentes controles parentais para monitorar e gerenciar a atividade de seus filhos com o Stadia.

Fonte: Elespanol
Cabelo Prateado
Cabelo Prateado #coca

A melhor maneira de viver a vida inteira é sendo uma criança, não importa qual a sua idade.

- Gintoki

Moderador
Deixe seu comentário para sabermos o que você achou da publicação
Não se esqueça que você pode participar do nosso Discord.
E também nos seguir no Facebook, Twitter, Instagram e na nossa curadorida da Steam.
Postagens em Destaque
#Curiosidades, Por Allan Kardec,
#Filmes, Por Allan Kardec,
#Animes, Por Allan Kardec,
#Animações, Por Allan Kardec,