Rockstar confirma e anuncia que está testando outras opções e ferramentas para trazer o game de volta comercialmente.
Published by Cabelo Prateado, on .
GTA 4 foi removido do Steam. O título de ação no mundo aberto não estava mais disponível, impossibilitando a compra, algo que muitos culparam pelo vencimento de alguns dos direitos e licenças musicais. No entanto, foi a própria Rockstar, através do The Verge, que confirmou o verdadeiro motivo: o fim do suporte da Microsoft ao Games for Windows Live.

Rockstar confirmou que, apesar do que se acreditava inicialmente, tudo se deve a um problema de fim de suporte da plataforma Games for Windows Live, um sistema que a Microsoft decidiu fechar. As notícias saltaram hoje, quando muitas pessoas tentaram comprar o jogo e não conseguiram, enquanto outras puderam desfrutar sem problemas de qualquer tipo de jogo em seus PCs. De fato, deve-se notar que o game ainda pode ser apreciado por usuários que já o possuem em suas bibliotecas, mas não pode ser comprado. A Valve decidiu remover o botão "Adicionar ao carrinho" da página do game para evitar problemas.

"Grand Theft Auto IV foi criado originalmente para a plataforma Games For Windows Live", disse um porta-voz da Rockstar ao The Verge. "Como a Microsoft retirou o suporte ao Games For Windows Live, não é mais possível gerar as chaves adicionais necessárias para continuar vendendo a versão atual do jogo. Estamos procurando outras opções para distribuir o GTA IV no PC, e em breve forneceremos mais novidades", acrescentou. O interessante é que agora várias opções estão abertas para a Rockstar, como distribuí-la pela Epic Games Store e Steam usando outro tipo de validação ou decidir fazê-lo exclusivamente a partir do seu launcher.
Cabelo Prateado
Cabelo Prateado (coca)
A melhor maneira de viver a vida inteira é sendo uma criança, não importa qual a sua idade.

- Gintoki
Site Moderator, 23 anos
Leave your comment to let us know what you think of the publication
Don't forget to follow us on Facebook, Twitter or Instagram

Relevant News

Who read this news may also like these.