Os criadores deste RPG prometem grande liberdade de ação e emocionantes batalhas entre vampiros.
Publicado por ViniSD, em .
O clássico Vampire: Bloodlines marcou os fãs de RPG, mas em sua estréia, também foi marcado por problemas e um sistema de combate errático que acabou não funcionando como deveria. Os responsáveis ​​por sua sequência já enfatizaram que não querem repetir os erros do passado, e para isso projetaram um sistema de combate renovado que eles já confirmaram que é inspirado no fantástico combate de Dishonored.

Florian Schwarzer, da Paradox, disse:

O sistema de combate em Vampire: The Masquerade - Bloodlines 2 é baseado na ideia de que você é a arma. Você não é um agente antiterrorista que precisa de um grande arsenal; você é um cara durão.

Isso foi algo que forçou a equipe de desenvolvimento a pensar muito sobre a diferença de poder entre um vampiro e um humano, ajustando a velocidade, a forma de se mover ou a força dos golpes.

Seu poder é tão grande, que mesmo no começo da aventura, quando você é um novato, matar humanos será um ato simples. E o combate foi projetado para refletir essa enorme diferença no poder. Você causará grandes estragos com armas brancas e em combate corpo a corpo, mas será diferente se o inimigo for outro vampiro.

Atacar um sugador de sangue com uma arma de fogo será eficaz para desacelerá-lo, mas não será tão bom quanto se aproximar dele e, por exemplo, cortá-lo.

Sendo um bom RPG, você terá muitas opções para encarar a ação, incluindo evitar o combate, e dependendo da sua especialidade, pouco a pouco você notará como sua eficácia na luta ficará mais refinada. A equipe da Hardsuit Labs quer que a ação seja variada, para não acontecer como no original, que no final o combate pecava por ser simples e impreciso. "Se você já praticou artes marciais, deve ter notado que seu corpo está se movendo na direção do ataque", explica o gerente da Paradox; e isso é algo que será refletido na perspectiva de primeira pessoa em que Bloodlines 2 está apostando.

Há um detalhe interessante aqui, mesmo quando você não vê os movimentos de seu vampiro, já que a ação é em primeira pessoa, a equipe de Bloodlines 2 animou com grande realismo cada um dos ataques especiais que você pode aprender, transmitindo a sensação de realmente estar executando todos esses golpes.

Clique para ver a imagem em tamanho original

Seguindo o exemplo de Dishonored

A inspiração em Dishonored e seu sistema de combate surpreendentemente variado tem sido algo que a equipe "levou em consideração desde o início". Eles desejam evitar as armadilhas comuns nesse tipo de jogo, como atacar enquanto caminha para trás, fazendo movimentos que jogam o personagem para frente. Os inimigos também mostrarão uma inteligência artificial melhor, procurando sempre te surpreender, em vez de se amontoarem à sua frente, esperando para serem massacrados.

Embora busque ser muito fiel ao jogo de tabuleiro do universo World of Darkness, a Hardsuit Labs não hesitou em adaptar certas mecânicas ao jogo para que o combate seja, acima de tudo, divertido e emocionante. "Se você puxar o gatilho, você deve acertar o inimigo", diz o gerente, referindo-se às estatísticas de combate de Vampire. Então, ao invés de contribuir com pontos de experiência para melhorar a precisão, ou outros sistemas de batalha, serão concedidas vantagens passivas em Bloodlines 2 que melhorarão a habilidade do personagem.

Apesar de o sistema de progressão ainda estar sendo elaborado, a ideia é que você possa aprimorar os atributos de certos tipos de armas, para que você se torne mais eficiente ao usá-las. Também haverá habilidades ativas, mas por enquanto eles preferem não dar mais detalhes. Sem uma data de lançamento específica, além do início de 2020, existem muitos outros recursos que nos deixam ansiosos por este RPG, como seu compromisso de nos fazer sofrer com as decisões que tomamos durante o jogo, entre muitos outros.
ViniSD
ViniSD
Equipe do Site